.

.

.

el sabroso oficio / del dulce mirar GóngoraWie schwer es ist, die Schönheit zu begreifen! Günter Eich

sábado, 29 de julio de 2017

Né Ladeiras - Deusa mulata




DEUSA MULATA
Letra: Tiago Torres da Silva/ Música: Chico César

Se lembrares o tempo em que fui índia
Vais ouvir o grito de cada fera
Linda linda linda
Linda eu era

Eu era fruto
Era nudez
Era um minuto
Que se desfez
Hoje eu sou luto
Erea uma vez

O que é que a mulata tem no pé?
Candon candon candon candon
candomblé

a surpresa de eu ser branca agora diz-te
do grito que no meu coração flui
triste triste triste
triste eu fui

eu sou saudade
uma quimera
mudei de idade
fiquei quem era
sou a cidade
que não se espera

O que é que a mulata tem no pé?
Candon candon candon candon
candomblé

se tu lembras eu fui negra e fui criança
nos olhos trago um sorriso nagô
dança dança dança
dança eu sou

eu era mão
era senzala
era um irmão
era uma fala
uma canção
que não se cala

O que é que a mulata tem no pé?
Candon candon candon candon
candomblé

e agora que sou índia negra branca
cidade senzala mata
deusa deusa deusa
deusa mulata

eu sou um dia
que vai nascer
avé-Maria
igarapé
sou alegria
muito mulher

O que é que a mulata tem no pé?
Candon candon candon candon
candomblé

(Canções do Tiago)








(Fotografía: Vasco Press Comunicações)



No hay comentarios: